Caminhões do Exército bloqueiam passagem de ônibus escolares quando voltavam da escola


Foto: Elias Meira

Hoje (18), por volta das 17:00 horas 2 ônibus e 2 Vans escolares ficaram ilhados quando retornavam para as suas regiões. O fato aconteceu quando um caminhão da operação pipa quebrou na subida de uma ladeira, um segundo caminhão, também do exército parou do outro lado para prestar socorro, mas, quando se aproximava os veículos escolares, o motorista foi tirar o caminhão que bloqueava a estrada e o freio do segundo caminhão travou e não teve como sair do local. De acordo com o estudante Elias Meira, foram mais de 2 horas de espera até conseguir desbloquear a estrada, isso aconteceu na região do Poço da Pedra.

O Tesouro Nacional já avisou: dinheiro das prefeituras vai diminuir nos próximos 3 meses


A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou nesta terça-feira, 12, as previsões de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para os meses de outubro e novembro.Além deles, também há previsões do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para os próximos repasses de setembro. Os números indicam diminuição de recursos para as prefeituras, em comparação com os mesmos repasses de 2016.

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte –FEMURN já orienta os gestores municipais atenção redobrada com os recursos municipais, devido à queda dos valores.

O sufoco é grande para milhares de prefeitos, que em muitos casos já estão com salários de servidores atrasados, entre outras despesas.

Secretaria Municipal de Agricultura convoca proprietários de imóveis Rurais para o Cadastro Ambiental Rural


O Município de Manoel Vitorino foi contemplado com o CAR (Cadastro Ambiental Rural), o Governo Federal deu o prazo de até 31 de dezembro para que todos os produtores possam fazer seu Cadastro Ambiental Rural. De acordo com o Secretário de Agricultura Almir Nunes, sem o cadastro, não será possível o agricultor tomar empréstimo, tirar ITR e nem fazer nenhum movimento com a terra.

Preocupado com essa situação, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável de Manoel Vitorino, juntamente com a Secretaria Municipal de Agricultura está convocando todos os proprietários de imóveis rurais com até 140 hectares para a emissão gratuita do Cadastro Ambiental Rural.

Os documentos necessários serão: Escritura pública ou Recibo de compra e venda ou Título de propriedade rural ou ainda Declaração de confrontantes emitidas pelo Sindicato.

O Cadastro Ambiental Rural, será realizado com auxílio de Imagem de Satélite, as pessoas idosas deverão estar acompanhadas ou podem ser representadas por filhos

O ATENDIMENTO SERÁ POR ORDEM DE CHEGADA

Horários: das 7:30 ao 12:00 e das 13:10 até o fim das senhas distribuídas. Confira abaixo o calendário cedido pela Secretaria Municipal de Agricultura.


DE 25 A 29 DE SETEMBRO: SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA

Recreio – Salgado – Vinte Um – Mato Cipó – Inchu – Feirinha – Fruteira – Boqueirão – Boa Vista – João Novo – Terra Vermelha – Lagoa Rasa – Largo Grande – Matão – Cassimiro e Barraca – Serra – São Miguel – Água Boa – Queimadas – Serra / Coqueiro – Retiro – Pé de Umbu – Duas Irmãs – Pegador – Demais Regiões Vizinhas.


DE 02 A 06 DE OUTUBRO: DISTRITO DE CATINGAL

Caititu – Santa Maria – Lagoa Linda – Porcos – Poço da Pedra – Serra Talhada – Cabaceira – Lavandeira – Quixaba – Pau Ferro – Lameiro – Barra da Purificação – Muritiba – Surucucu – Bonifácio – Escadinha – Demais Regiões Vizinhas.


DE 09 A 13 DE OUTUBRO: CRIAR – POVOADO DE POMBAS

Salina – Lagoa da Pedra – Anta Gorda – Olhos D’Água – Constantino – Mamonas – Jatobá – Pombas – Ribeirão do Peixe – Demais Regiões Vizinhas.


Maiores informações: Secretaria Municipal de Agricultura (73) 3549-2398.

 Levy Barros

Morre aos 65 anos o apresentador Marcelo Rezende em São Paulo


O jornalista Marcelo Rezende morreu neste sábado (16), aos 65 anos, na zona sul de São Paulo. Um dos maiores nomes do jornalismo brasileiro, o apresentador da Record TV lutava contra um câncer no pâncreas e no fígado desde o final de abril. A informação foi confirmada pelo Hospital Moriah, onde estava internado desde terça-feira (12).

Ainda não foram divulgadas informações sobre velório e enterro.

Com a coragem que o acompanhou ao longo da vida, o jornalista anunciou em rede nacional que estava com a doença. Durante uma entrevista ao Domingo Espetacular no início de maio, horas antes de ser internado pela primeira vez, Rezende disse que encararia a doença de frente. O câncer agressivo o obrigou a deixar repentinamente o comando do Cidade Alerta, jornalístico que apresentava desde 2012. Foi nessa última etapa da carreira que Marcelo Rezende se reinventou como apresentador.

Entre denúncias e notícias sobre violência urbana, Marcelo Rezende encontrou espaço para o bom humor. Transformou os repórteres em personagens, deu apelidos à equipe técnica, colocou o comentarista Percival de Souza sentado num trono. Criou bordões que ganharam as ruas e já entraram para a história da TV brasileira. Um deles, o “corta pra mim”, virou título de sua autobiografia (Editora Planeta, 2013). Um breve resumo de uma vida rica de histórias.

Marcelo Rezende nasceu no Rio de Janeiro, em 12 de novembro de 1951, fruto de um casal de baixa renda. Filho de um bancário e uma funcionária da aeronáutica, decidiu, aos 16 anos, se mudar para a Bahia e viver em uma comunidade hippie.

Um ano mais tarde, ingressou no jornalismo por acaso, durante uma visita à redação do Jornal dos Sports, no Rio de Janeiro. Rezende tinha apenas 17 anos e foi convidado para trabalhar como repórter na cobertura de futebol. Foram o talento e as amizades que conquistou lá que o levaram para a Rádio Globo e, na sequência, O Globo. No jornal carioca, onde trabalhou por sete anos, teve a chance de ficar próximo do ídolo, Nelson Rodrigues.

Antes de chegar à televisão, o jornalista ainda passou pela revista Placar. Só então, em 1987, foi contratado como repórter esportivo pela TV Globo. Com pouco tempo na emissora carioca, migrou para o jornalismo investigativo – área que marcou a sua carreira profissional. Participou de coberturas importantes e saiu na frente em várias delas. Um exemplo é a investigação sobre a fuga de PC Farias, tesoureiro da campanha de Fernando Collor, em 1993. Mas a matéria de maior repercussão na carreira do apresentador foi um caso de violência policial na Favela Naval, em Diadema, na grande São Paulo. A denúncia feita por Rezende em 31 de março de 1997 no Jornal Nacionalcausou indignação no País, rodou o mundo e colocou os direitos humanos na pauta da sociedade. Pelo trabalho, Rezende recebeu os prêmios APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e o Líbero Badaró.

No ano seguinte, o jornalista voltou a ser premiado no Líbero Badaró por uma denúncia de vendas de armas, também exibida no Jornal Nacional. Ele já havia conquistado, em 1994, o diploma de honra ao mérito do Festival de Filme e Televisão de Nova York pela reportagem Trabalho do Menor, exibida no Globo Repórter.

A estreia como apresentador foi no Linha Direta, em 27 de março de 1999. O jornalista participou ativamente do projeto que colocou o programa policial que reconstituía crimes praticados por foragidos da justiça de volta à grade da Globo – a primeira versão, feita em 1990, durou só quatro meses no ar. De acordo com a emissora carioca, Rezende dizia que “a proposta do Linha Direta era, desde o princípio, condenar a impunidade e retratar os casos policiais com o máximo de verossimilhança”. Isso era possível pois, além de contar histórias, a atração incentivava os telespectadores a denunciar o paradeiro dos criminosos ou fornecer pistas que ajudassem na solução dos casos. O jornalista trabalhou sete meses montando uma equipe de 50 profissionais para colocar o programa no ar.

Rezende deixou a Globo e, em 2002, foi para a Rede TV!, onde assumiu a apresentação do telejornal policial Repórter Cidadão.

Em 2004, foi contratado pela Record TV, como apresentador da primeira versão do Cidade Alerta. Ficou até 2006, quando foi contratado novamente pela Rede TV! para ancorar o RedeTV!News, principal jornalístico da casa. Deixou a emissora em 2008. Dois anos depois, estreava na Band no comando do Tribunal na TV – atração nos mesmos moldes do Linha Direta.

Ainda em 2010, Rezende voltou para a Record TV, como repórter especial do Domingo Espetacular. No ano seguinte, virou apresentador do Repórter Record. Mas, em 2012, Marcelo Rezende reassumiu o comando do Cidade Alerta e, com uma dose de irreverência, mudou o jeito de fazer programa policial na televisão brasileira. A inovação deu certo e fez história. Em setembro de 2015, o vespertino venceu por pelo menos três vezes o Jornal Nacional, fato até então inédito na televisão. Quando não ficava na frente, por várias vezes o Cidade Alerta empatava no período de confronto direto entre os dois noticiários. Um marco histórico, já que, desde a estreia, em 1969, o Jornal Nacional sempre teve a liderança isolada de audiência.

O sucesso foi interrompido pela descoberta do câncer agressivo, em exame realizado em 28 de abril. Mesmo após o diagnóstico, Marcelo Rezende apresentou três edições do programa e fez questão de não abandonar a legião de fãs. Durante o período em que esteve fora do ar, usou as redes sociais para se manter em contato com o público. Em todas as mensagens, passou demonstrações de confiança e fé.

Marcelo Rezende deixa cinco filhos e uma neta.

Silas Malafaia diz que é ilegal ensinar ideologia de gênero nas escolas


O pastor da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (Advec), Silas Malafaia, publicou um vídeo no seu canal do YouTube na última segunda-feira (11). Na ocasião, o líder evangélico falou de suas discordâncias no estudo de gênero – o que lhe é classificado como “ideologia”.

“Olá povo abençoado do Brasil. Nós estamos vivendo uma verdadeira inversão de valores e uma tentativa de impor à sociedade aquilo que as leis brasileiras, de maneira clara, mostram que é ilegal”, afirmou o pastor, acerca dos conceitos de gênero.

“Ensinar ‘ideologia de gênero’ é uma construção de esquerdopatas que querem determinar sexualidade pra nossos filhos. Eu vou te mostrar, pelas leis, que é ilegal se ensinar nas escolas ideologias de gênero”, direcionou.

“E você deve buscar seu direito se alguma escola está ensinando ou tá com cartilhas, ou com qualquer instrumento pedagógico querendo colocar na goela do teu filho a ideologia de gênero”, orientou o líder.

Malafaia usou como base o artigo 229 da Constituição Brasileira de 1988 e argumentou que é dever dos pais de ensinar e educar as crianças. Silas ainda citou o ex-presidente Itamar Franco para afirmar que o Brasil é signatário da Convenção Americana de Direitos Humanos – que cita o direito a educação religiosa por parte dos pais.

“O Brasil é signatário disso. Ensino sobre questões morais e religiosas é conforme os pais, não a escola”, argumentou Silas Malafaia que, em seguida, citou o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

“É uma vergonha. É uma aberração. É uma afronta querer colocar na goela da sociedade o que os esquerdopatas estão querendo fazer nas escolas. É inadmissível. Nós somos a maioria da sociedade. Não podemos aceitar. Eles querem impor a sociedade”, afirmou o líder.

Em seguida, finalizou. “Eles querem impor ao seu filho essa educação medíocre, esse lixo moral. Sociedade brasileira: repudie, busque seus direitos. Não podemos aceitar isso”.

Assista:

Marcelo Rezende é internado com pneumonia


O ex-apresentador do programa Cidade Alerta da Record TV, Marcelo Rezende, foi levado para um hospital na região sul da cidade de São Paulo depois de sentir fortes dores.

Uma pessoa próxima de Luciana Lacerda, que tem estado próxima de Rezende, afirmou que o caso do jornalista é uma grave pneumonia. “Não sabemos se o Marcelo vai sair de lá”, afirmou.

De acordo com uma fonte que não quis se identificar, em entrevista ao Pure People, a situação é complexa. “Ele está muito ruim, péssimo… Ninguém está tendo acesso, os familiares proibiram. Trancaram tudo”, contou, nesta quarta-feira (13).

Nesta quinta-feira (14), Luciana Lacerda se manifestou por meio de sua conta no Instagram, ao compartilhar a frase “Querido Deus, cuida de quem eu não posso cuidar. Obrigado!”.

A situação de saúde de Marcelo é destaque e alvo de boatos há certo tempo. O último vídeo gravado pelo apresentador, cuja aparência estava mais abatida, afirma suas visões acerca dos boatos de que estava morto.

“Olha, muita gente vive de boato e no meu caso até entendo. Não é toda hora que tem uma informação. Mas nós devemos esquecer o quadro. O câncer, que eu tenho, é de altos e baixos. É como uma montanha russa: Uma hora tô lá em cima, outra hora tô lá em baixo. Mas o importante é que eu tô firme”, ponderou.

No início deste mês, o apresentador da Rede Bandeirantes, Milton Neves, chegou a comentar a situação de seu colega de profissão, que deixou o tratamento de quimioterapia em busca por resoluções alternativas.

“Querido amigo Marcelo, volte pro hospital, por favor. Claro, não é intromissão, mas carinho e amizade. Ajude Deus a te ajudar. Volte, por favor”, suplicou Milton Neves, também pelo Twitter.

Desde que iniciou seu tratamento contra o câncer, Rezende veio a público poucas vezes, com uma frequência média de um vídeo a cada mês. Todos publicados pelo apresentador, mesmo assim, alcançam forte popularidade em suas respectivas mídias sociais.

Júlia Paes, ex-atriz de filmes pornográficos, se converte ao Evangelho e conta testemunho


Júlia Paes foi uma figura de certa notoriedade na indústria pornográfica, estampando capas de revistas masculinas e protagonizando filmes adultos. Hoje, aos 31 anos, ela está convertida ao Evangelho, abandonou essa carreira, está casada e é mãe de três filhos.

No passado, Gislaine Fernandes de Leme Sousa se valeu de uma certa semelhança com a atriz da TV Globo Juliana Paes para alavancar sua carreira na indústria pornográfica, e usou um nome artístico que remetia à famosa. Como Júlia Paes, ela chegou inclusive a namorar Thammy, filha de Gretchen.

Em uma entrevista concedida ao programa Superpop, da RedeTV!, Gislaine contou que se arrependeu do passado e mudou completamente de vida depois de conhecer o Evangelho. “Passei por situações muito complicadas, que eu poderia não estar mais aqui… mas eu realmente clamei o nome de Deus na hora do meu aperto, como vi muitas outras pessoas clamarem e serem atendidas”, disse.

Questionada se teria uma postura diferente hoje em relação ao passado, ela confirmou que sim: “Me arrependo de muitas coisas, isso faz parte de crescer… como a gente vai crescer se a gente não reconhece os nossos erros? Eu tive experiencias ruins, que me fizeram me arrepender, que me fizeram mudar de caminho…”, salientou.

Em outubro de 2015, durante uma entrevista ao portal EGO, Gislaine afirmou que não renegava o passado, mas estava arrependida. Além disso, também afirmou que não tinha mais contato com a ex-namorada, Thammy.

“Faz tempo que não nos falamos, mas soube [da ‘transição de gênero’ feita por ela]. Acho que cada um tem o direito de escolher o que é melhor para si, de acertar e de errar também. E acho um desperdício, as próteses (de silicone nos seios) estão tão caras”, afirmou, em tom de brincadeira, referindo-se ao fato de Thammy ter retirado as mamas.

Assista agora a entrevista de Gisalaine, ex Júlia Paes, ao programa Superpop, da RedeTV!:

Ossos do apóstolo Pedro teriam sido descobertos em Roma


Ossos do apóstolo Pedro teriam sido descobertos em Roma

Durante uma restauração de rotina de uma igreja de quase 1000 anos de idade, foram descobertos fragmentos de osso em vasos de barro. Acredita-se que possam pertencer a São Pedro e os quatro primeiros mártires da Igreja.

“Havia dois potes de barro onde estavam inscritos com os nomes dos primeiros papas – Pedro, Félix, Calixto e Cornélio”, disse o funcionário que fez a descoberta ao canal de televisão italiano RAI Uno.

“Eu não sou arqueólogo, mas entendi imediatamente que eram muito velhos. Olhando para eles, fiquei muito emocionado”, afirmou.

A existência desses fragmentos ósseos era conhecida há séculos, mas nunca tinham sido encontrados. Dentro da igreja de Santa Maria em Cappella, uma inscrição de pedra registra a existência das relíquias. Devido a problemas estruturais, o local ficou fechado por 35 anos. Como parte da manutenção de rotina, um trabalhador descobriu os ossos sob uma pedra de mármore atrás do altar.

Chamaram então o diácono Massimiliano Floridi, que entregou tudo ao Vaticano. Funcionários da Igreja não comentam sobre a autenticidade dos ossos. “Estamos à espera de um estudo detalhado, que ainda será realizado. Uma comparação de DNA entre esses ossos e outros que são mantidos pelo Vaticano esclareceria o assunto”, disse o diácono.

A Igreja de Santa Maria em Cappella fica no distrito de Trastevere, em Roma, perto do rio Tibre. Consagrada em 1090 pelo Papa Urbano II, a igreja abriga muitos outros tesouros históricos e artísticos, incluindo cerâmicas e murais do século IV.

A igreja também inclui o fragmento da cadeira episcopal, pois no passado foi a sede temporária do Consistório Pontifício – uma reunião formal do Colégio dos Cardeais.

Alguns estudiosos acreditam que as relíquias foram transferidas para a igreja para serem protegidas, durante o governo do Papa Urbano II. Durante uma cisma, a legitimidade do Papa Urbano II foi desafiada por Clemente III, que era um antipapa apoiado pelo imperador Henrique IV. Com informações de Catholic News Agency

Anthony Garotinho volta a ser preso pela Polícia Federal


Anthony Garotinho volta a ser preso pela PF

Quase um ano depois de ter sido preso pela Polícia Federal, o ex- ex-governador do Rio Anthony Garotinho voltou a ser detido. Em novembro de 2016, ele foi detido durante uma etapa da Operação Chequinho, que investiga o uso eleitoral do programa Cheque Cidadão, destinado a famílias de baixa renda.

Também era acusado de usar o programa para comprar votos e fraudar as eleições  em Campos dos Goytacazes.

Na ocasião, ele ficou poucos dias na prisão em Bangu, tendo conseguido um habeas corpus, acabou sendo solto.

Contudo, a Polícia Federal cumpriu na manhã desta quarta-feira, um mandado de prisão domiciliar. Três policiais foram para a porta da Rádio Tupi, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio, onde Garotinho apresentava seu programa “Fala, Garoinho”, que aborda assuntos políticos e evangélicos.

Garotinho foi levado para Campos, onde cumprirá a prisão domiciliar. A condenação total é de 9 anos, 11 meses e 10 dias em regime fechado, que ele cumprirá em casa. Além de precisar de tornozeleira eletrônica, está proibido de utilizar telefones celulares e seu contato pessoal foi restringido a advogados e familiares próximos (mãe, netos, filhos e a mulher, a ex-governadora do Rio Rosinha Garotinho).

A Justiça alega que o grupo comandado por Garotinho continua cometendo crimes, incluindo ameaça a testemunhas e destruição de provas. Também investiga uma denúncia, parte de outro processo, da tentativa de suborno ao juiz Glaucenir de Oliveira, quando o magistrado esteva à frente da “Operação Chequinho”. Segundo a decisão, isso corrobora para a necessidade imediata de prisão.

Garotinho foi condenado por corrupção eleitoral, associação criminosa e supressão de documentos públicos. A decisão judicial, assinada pelo juiz Ralph Manhães, da 100ª Zona Eleitoral, precisa ser confirmada em segunda instância para que passe a vigorar. Com informações O Globo

‘Eu acredito que tem pessoas que contam fantasias’, diz Lula


Foto: Reprodução/ Justiça Federal

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou, em interrogatório ao juiz federal Sérgio Moro, nesta quarta-feira (13), que a ex-primeira dama Marisa Letícia, falecida em fevereiro, tenha tratado sobre a construção da sede do Instituto Lula com o pecuarista José Carlos Bumlai. Confrontado com o depoimento de seu amigo, o petista rebateu afirmando que há “pessoas contando fantasias”. Lula é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro sobre contratos entre a empreiteira e a Petrobras. Segundo o Ministério Público Federal os repasses ilícitos da Odebrecht chegaram a R$ 75 milhões em oito contratos com a estatal. O montante, segundo a força-tarefa da Lava Jato, inclui um terreno de R$ 12,5 milhões para Instituto Lula e cobertura vizinha à residência de Lula em São Bernardo do Campo de R$ 504 mil. O ex-presidente negou saber que a Odebrecht teria envolvimento na compra do terreno e que o imóvel teria sido comprado em nome de Glaucos da Costamarques, primo de Bumlai. Ele disse que o imóvel era “velho”, em “uma área perto do aeroporto”. “Como decidimos não adquirir fomos procurar um prédio mais adequado onde transita o povo de SP que era ali perto da estação da Luz”, contou. O juiz federal Sérgio Moro questionou Lula sobre o depoimento de José Carlos Bumlai, que afirmou ter sido procurado pela ex-primeira-dama para tratar sobre o Instituto. O pecuarista ainda disse, em depoimento, que fez as primeiras tratativas para a compra do imóvel, mas, depois, teria repassado o assunto a seu primo. “Eu queria fazer uma explicação sobre esse negócio. O nome da Marisa de vez em quando é citado, não sei se com leviandade ou não. Todas as pessoas que trabalhavam comigo sabiam que era proibido de falar em qualquer coisa de Instituto Lula ou de memorial enquanto eu estivesse exercendo o cargo de presidente da República. Eu vi o Palocci mentindo aqui essa semana. Mas eu quero antecipar. Ninguém no meu governo, muito menos na minha casa, discutia coisa de Instituto porque eu dei uma ordem: ‘não quero discutir instituto Lula até 31 dezembro de 2010!'”. Lula ainda disse que, “se conversaram com a Marisa” ela não teria contado a ele. “E eu acho muito difícil de ter conversado com a Marisa e ela me contar”. Questionado mais uma vez sobre o depoimento de Bumlai, o ex-presidente rechaçou a versão do pecuarista. “Eu acredito que tem pessoas que contam fantasias”.